Fui no show da Beyoncé

Ontem fui ao show da Beyoncé, aqui no Qualcomm Stadium, que fica na cidade onde moro (San Diego,CA). 

Consegui ver aquela mulher maravilhosa a menos de 2 metros de distância. Nem acreditei. Parecia que eu estava vendo as fotos do Google em tamanho real bem ali na minha frente. Tão perto, mas ao mesmo tempo tão distante. 

Seguranças por todos os lados a colocavam em um patamá tão alto, que ela virava quase uma joia intocável como estivesse sendo transportada para um cofre de segurança máxima. 

E a galera gritava e ia ao delírio a cada vez que ela sacudia aquela bunda gigantesca. Não, gente, não é Photoshop. Ela realmente tem aquela bunda avantajada. É nada, se comparado a Minaj, mas fica pau a pau na disputa com JLo. 

O show foi impecável do começo ao fim. Um atrasado de 2 horas no início, mas disfarça. A galera estava tão empolgada fazendo 'olaola' na arquibancada que ninguém percebeu. 

O Dj que animou a galera antes da Bey subir no palco foi 'okay'. Nunca tinha ouvido falar o nome dele, mas gostei. Curti! Com ele aprendi que o segredo para animar a galera na abertura do show de um artista bem conhecido é, que quanto mais você gritar o nome da artista (mais famosa que você, no caso) que virá após a sua apresentação, mais a galera vai se animar e jogar as mãos pro alto. Não sei isso vai funcionar para você, querido cantor(a), pra essa cara funcionou. Fica a dica! hahaha 

Ao todo, 2 horas de duração. O show foi incrível e sem nenhuma falha técnica. Beyoncé só confirmou as minhas expectativas de ser uma artista super perfeccionista e profissional. Porém, antes de ir ao show dela, não recomendo você assistir a vídeos no YouTube da turnê atual. Isso vai fazer você ficar mais ansioso e quando você for assistir ao show pessoalmente terá a sensação de 'eu já vi isso'. Afinal, não só as músicas, mas também as falas e/ou discursos com o público, ela usa as mesmas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário